CouchSurfing

Vim aqui contar umas experiências novas na minha vida.
Novas mesmo.

Me inscrevi numa rede social de viajantes chamada CouchSurfing
O objetivo dessa rede social é fazer com que viajantes consigam lugar pra ficar, na casa de pessoas nos lugares onde estão visitando. 

Nos cadastramos lá há um mês. Como no momento não estamos viajando, estamos hospedando.

Nossa primeira experiência foi com duas meninas alemãs. Muito lindas, muitos fofas: Leo e Karo. Elas chegaram aqui, muitos tímidas, pra conhecer o Rio, e passaram 5 dias na nossa casa. Falamos em inglês o tempo todo.


Elas foram muito legais, gentis, deixaram tudo arrumadinho aqui em casa e adoraram minhas caipirinhas!
Quando foram embora, deixaram um cartão postal da cidade de uma delas, com uma mensagem de agradecimento.

Depois de algumas semana tivemos uma nova experiência, desta vez com um casal de franceses: Laurine e Sam. Como ficaram no fim de semana, pudemos fazer algumas coisas juntos.

Achilles, Laurine, Sam e eu na Quinta da Boa Vista.

Passamos 3 dias falando inglês, português, francês e espanhol, às vezes tudo na mesma frase, rs. Foi bem divertido, eles são bem engraçados. Estão viajando há 11 meses pelo mundo todo (invejinha).
Tomamos vinho quente (receita diliça) e comendo crepe aqui em casa, feito por eles!

Esta semana receberemos outro casal, colombianos.

É uma experiência interessante, que tem seus riscos, obviamente. Posso ter problemas, pode acontecer um monte de coisa. No entanto, prefiro tomar alguns cuidados e correr o risco de ter boas experiências!

Até agora as experiências foram muito legais!!!

:*

4 comentários:

Marajoara disse...

Hahahaha! Já aconteceu muito comigo: vários idiomas na mesma frase, mas a compreensão sai igual! Minha lista de hóspedes e meus anfitriões é bem grandinha e, até agora, só tive um probleminha com uma pessoinha inconveniente, mas nada de mais. Como sempre digo: não devemos ter medo na nossa própria espécie, mas sim buscar conhecê-la. Não se teme as coisas familiares. A onda é estarmos abertos e saber que também somos "o outro", "o estranho". Eu amo conhecer as pessoas e, confesso, os doidinhos são os meus prediletos!

Ana Barbosa disse...

Menina que coisa boa, viu! Lógico que podem ter seus riscos, mas deve ser uma maravilha hospedar essas pessoas, conhecer um pouco da cultura e ainda melhorar no ingles, frances etc!
Se eu morasse em cidade turistica iria tentar fazer isso, mas quem quer vim conhecer o Piaui? kkkkkkkkk

:)

Roberta Legalmente Esposa disse...

Medo rs
Sei lá, a idéia é ótima mas não gosto nem de empregada em casa mexendo nas minhas coisas. Chatinha né? kkkkk

casa de fifia disse...

muito legal essa coisa, eu estou pensando em entrar em um programa assim,mas queria fazer uma especie de troca, assim a pessoa vem aqui em casa e eu na casa dela, também quero muito conhecer o Rio,
quem sabe não faço assim.


baci

Postar um comentário

Dá um pitaco você também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...